Lua de Mel DSC00270

Publicado em setembro 25th, 2015 | por Lorena Hombre

0

♥ Ilha de San Andrés – Diquinhas e Roteiro ♥

Oláaaaa amores, enfim cheguei de viagem! Que delícia de lugar, San Andrés é mesmo o paraíso do paraíso!!! Top! Super recomendo a todos do mundo inteiro, vale muito a pena a viagem!!! Acabei de chegar de lá e ja estou planejando a volta.. que não vai demorar muito, assim espero! rs

Bem, o post é justamente para ajudar na escolha do destino para sua próxima viagem de férias, ou de Lua de Mel, de bodas, de lazer, para comemorar aniversário, ou simplesmente para passar a semana sem motivo… rs, porque o lugar é perfeito! Nós fomos de milhagem, pois tinham 40 mil pontos que iam vencer… dai pesquisamos um pouquinho e pimba, achamos esse paraíso que pertence a Colômbia, no Mar do Caribe e ficamos apaixonados! Conversando com brasileiros que conhecemos lá descobri que tem passagens daqui do Brasil para lá a preços muito em conta… na faixa de 700 reais por pessoa, ida e volta + taxas! Barato demais (mais barato que ir para o nosso Nordeste)! Já Hotel não achei nada barato… rs. Comida também não, mas de boa, a viagem vale super!!!! É uma ilha que está sendo descoberta pelo mundo agora, a pouco tempo, um ano pra cá… antes era como ilha de férias e passeios para os colombianos… rs, mas agora meu bem, já era, é tudo nosso!!! kkkkk A moeda local eh o Peso Colombiano, que varia muito a cotação, na semana em que fomos estava 1 dólar para cada 2.860 pesos, ou 1 real para 600 pesos. A dica é trocar o dinheiro no aeroporto mesmo (a amiga Kah Oliveira, decoradora foi em agosto e me deu esta e muitas outras dicas valiosas), pois a cotação na ilha é muito baixa para dólar, e não aceitam em real, apenas em pesos ou dólar. O cartão de credito é super aceito em quase todo tipo de loja, restaurantes e hotéis. Falando em dinheiro, no é preciso pagar uma taxa por pessoa para ter acesso a Ilha de San Andres, independente do tempo que vai permanecer por la, no valor de 49.900 por pessoa, que você paga na sala de embarque do aeroporto mesmo. Sem essa guia paga, voce nao entra na ilha, rs.

A estrutura da ilha ainda é bem fraca… o transito é uma loucura… parece não ter leis ou regras de transito no lugar! rs Circulam nas ruas todo tipo de veículos: motos, carrinhos de golf, carros grandes, carros novos, carros antigos, caminhões, quadriciclos… enfim, uma doideira… e acredita que ninguém usa capacete por lá?

Sobre os hotéis, é bom ter muito cuidado nessa hora: alguns estão bem velhos, com cheiro ruim, outros não têm elevador, não tem chuveiro quente… a localização dele também é fundamental, não pegue hotel longe do Centro, ou na parte do meio pra baixo da Ilha, a não ser que você queira apenas calmaria, e nada para fazer a não ser pedra, areia e praia ou, pretende pegar carro para ir a todo canto. O ideal é pegar um hotel no Centro e fazer tudo a pé, é uma delicia! E alugar um carro apenas para o dia em que forem dar a volta na ilha, para ir parando e conhecendo os cantinhos dos sonhos!!!

Ficamos em um dos melhores hotéis da região (não é o maior, e nem o mais caro, eu disse melhor rs)! Hotel CASABLANCA, simplesmente maravilhoso! Fechamos pelo Bokking.com e deu tudo certo, nossa escolha foi a melhor, pois conversando com alguns casais brasileiros que conhecemos lá, ouvimos algumas reclamações dos hotéis deles… no nosso, não tenho nada de negativo, pelo contrário, foi um grande achado! Tem ar condicionado até nos corredores dos quartos!!! Luxo! Os funcionários super simpáticos, atenciosos e solícitos! O nosso quarto era pequeno (casal), mas muito lindo, todo moderninho, com TV novinha, banheiro lindo, com porta de correr, com secador e chuveiro quente! Tem até um varalzinho para roupas molhadas! Top mesmo!!! Café da manha super farto e variado! E o detalhe: nosso quarto no pacote que fechamos era sem vista para o Mar… mas quando chegamos lá tinha uma baita de uma vista linda para a praia!!!!

DSC00485

Segue roteiro que fizemos, espero que gostem e ao final seguem Diquinhas valiosas!!!

♥ 1º Dia – 16/09/15 – Quarta Feira:

Chegamos no aeroporto por volta das 10:30, e as 11h no hotel. Dai foi: Hotel / passeio na praia em Frente / almoço no restaurante do hotel mesmo, Mahi Mahi – restaurante muito bom, comemos um cevite de camarão (24mil), um Filet de pargo com batatas fritas (36mil cada), cerveja e um drink chamado “lá lulita”, feito a base de uma fruta local chamada “lula”, bem azeda (12mil). Achei um pouco salgado o preço, mas foi tudo maravilhoso.

Após comer muito bem optamos por um passeio a pé pela orla para conhecer a localidade e fechar os passeios. Nosso hotel fica super bem localizado, desta forma não andamos quase nada! Rs. Como recomendado pela minha amiga Kah Oliveira, procuramos um cara que vende os passeios em uma joalheira ao final da orla. Foi super fácil! O Juxtos que ela indicou não estava lá, mas achamos o parceiro dele, Felipe, um cara ultra divertido, acerelado e engraçado, que foi uma graça e nos atendeu super bem! Fechamos os passeios de quinta, sexta e sábado! A princípio deixamos o Domingo livre para dar a volta na ilha e demais coisinhas! Como a nossa viagem para chegar na ilha foi de mais de 30 horas estávamos muuuito cansados , então o jeito foi descansar um pouco no hotel. A ideia era mergulhar na praia ou piscina mais tarde, por volta das 17h, mas… Rs, bateu a preguiça!

Ah, compramos as Sapatilhas hoje , por 12 mil cada! A kah pagou 10 mil em agosto… subiu 2 mil em um mês! Mas nos outros dias, achamos em outro lugar por 10 mil. Então a dica é comprar a sapatilha sem pressa, mas compre logo no primeiro ou no segundo dia, pois ela é fundamental para os mergulhos, passeios e banho de mar… pois como a ilha é cheia de corais ninguém quer se machucar, certo? A noite jantamos no Café Café, muito recomentado na internet, mas não achei lá estas coisas não, ele é bem americano, no estilo comida rápida e nada light… rs…

DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO DCIM102GOPRODSC00014 DCIM102GOPRO DCIM102GOPRODSC00033

♥ 2º Dia – 17/09/15 – Quinta Feira

Passeio: Acuario, Haynes Cay e Jhony Cay  – 15 mil pesos por pessoa

Foi dia de acordar as 8h, tomar café e partir para o primeiro passei da viagem! As 9h nos encontramos com o Felipe (com quem compramos os passeios) e de lá seguimos para a marina onde pegamos o barco. Lá tivemos que pagar a taxa de entrada na Ilha de Jhony Cay, no valor de 5 mil pesos por pessoa. Após a espera para embarcar, não deu nem 10 minutos de San Andrés para a Ilha de Acuarios, é bem pertinho e rapidinho. A cor do mar é radiante, vários tons de azuis, a coisa mais linda!!! Parece uma piscina, de tão azul!!! Fascinante!!! Use seu Snorkel e aproveite as belezas marinhas. Esse passeio está super aprovado, podem fazer!!!! Foi aqui que tomei meu 1º Coco Loko, um bebida, normalmente servida no coco, que mistura calda de cereja com água de coco, coco e muito álcool! rs Das 9:30h as 12h ficamos em Acuarios e Haynes Cay (são duas ilhotas bem pequenas, com água cristalina, e você pode ir andando pela água de uma para a outra, é muito legal). O único problema é a quantidade de pessoas juntas no mesmo lugar!!! rs Mas isso não me incomodou, como fomos em uma quinta, acredito que seja mais vazio que um sábado ou um domingo por exemplo, então façam o mesmo, agendem este passeio para um dia da semana, ao invés de ir no final de semana, pois assim é menos cheio. As 12h, o barco parte para Jhony Cay, que tem um azul mais escuro, incrível!!!! Nessa ilha não  tem muito o que fazer, é se acomodar, pedir o almoço, tomar muitos drinks ou cerveja e curtir uma boa praia!!! O ponto negativo é que não tem chuveiro de água doce, então é o dia inteiro com água do mar no corpo e no cabelo!!! rs Comemos um prato com camarões, lagosta, lula e polvo, com arroz, fritas e salada (120 mil pesos), bem caro! Mas veio bem farto e até sobrou! rs O tempero deles é bem forte, achei a lagosta um pouco salgada demais… mas estava bem gostoso. Tem outras opções de pratos prontos por pessoa, com peixe frito, se não me engano a 27 mil por pessoa, mas comentaram com a gente que não estava lá essas coisas nao.. rs

Ficamos lá ate as 15h. Outro ponto a ter atenção é na hora de ir embora de Jhony Cay… são dezenas de barcos saindo ao mesmo tempo… precisa ter atenção na chegada para marcar o nome do seu barco, os nomes dos barqueiros responsáveis e o local de encontro para partida de volta. Eu e Elias não prestamos muita atenção nos rostos e nem nos nomes dos barqueiros, nem muito menos onde seria o ponto de encontro… hihihi, só sabíamos o nome do barco… conclusão, ficamos bem perdidos… no final acabamos saindo da ilha as 15:30h.

Chegando do passeio fomos direto curtir a piscina do hotel e bons drinks, bem de leva para relaxar. As 19h partiu para o Passeio noturno, super empolgada, com meu traje todo branco, para a NOITE BLANCA, em um barco pirata, que de pirata não tem nada… rs, eh um barco enorme, sem graça, nada inspirador e nada aconchegante… juro pra vocês que eu esperava outra coisa dessa “noite blanca”… pensei ser um bar flutuante, descolado, com gente bonita, em um barco menor, aconchegante, com música ao vivo, comidinhas gostosas… menos gente… masssssssss… quando chegamos lá, tivemos aquela decepção! Tive que rir para não chorar… afinal não dava mais pra voltar atras… simplesmente horrível!!! Você paga 70 mil pesos por pessoa e eles falam que está incluso bebidas e comidas… mas na verdade, você entra, sente em cadeiras no formato de auditório (mega brega…), tem que assistir a umas danças típicas bem loucas deles (respeito super quem gosta, mas não curti…) tudo isso com bico seco. Depois de umas brincadeiras invasivas, eles pedem para formar uma fila para pegar as bebidas… oi???? Socorro!!! Um ponto de bebidas para umas cem pessoas… um fila horrorosa e quando chegou nossa vez, nao tinha cerveja, o refri era uma imitação barata de coca cola, e só tinham bebidas quentes desconhecidas e muito ruins… tentei beber tequila com limão, mas tava muito estranho… depois de 2 horas e meia, fomos divididos em 3 grupos para o jantar, no andar de baixo… de boa gente… não vou nem mais comentar detalhes… rs, chega!!! Não valeu nadinha os 140 mil investidos nesta noite… saímos de la com come e com sede… aff  NÃO RECOMENDO!

DSC00037 DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO DSC00075

DSC00094DSC00107DSC00108 DSC00116

DSC00130 DSC00131 DSC00132 DSC00140 DCIM102GOPRO DCIM102GOPRODSC00184DCIM102GOPRODSC00206

 ♥ 3º Dia – 18/09/15 – Sexta-feira

Passeio – Mergulho com cilindro

Felipe nos pegou no Hotel as 7:30h da manhã e nos encaminhou até o local onde pegamos a Vam (tenham paciência nas idas aos passeios, pois sempre tem uns atrasos…). San Andres Divers (empresa do mergulho) fica pertinho de West View, que é longe do Centro, mas a Vam do passeio leva até lá. O valor foi 165 mil pesos para quem tem carteira de mergulho, como meu marido, com direito a dois mergulhos, e 130 mil pesos para iniciantes com direito a aula na piscina e 1 mergulho. Maravilhoso! Equipe de instrutores super profissionais e bem despojados, nos deixaram seguros e ao mesmo tempo, super tranquilos para curtir o mergulho!!!! De todos os mergulhos q já fiz este foi o melhor (tudo bem que só fiz dois até hoje… kkkkkk)!!! Sem dúvida ! Instrutor muito bom, muitos peixes, água limpa e corais incríveis !!! Conhecemos um casal de paulistas no mergulho que foram nossos parceiros até o final do dia! Super recomendo este pacote de mergulho, maravilhoso!!! Podem fazer que vão a-m-a-r ! Este passeio vai até umas 11:30h, 12h e a Vam te leva de volta ao hotel. Detalhe: esta empresa de mergulho oferece o serviço de fotografar vocês no mergulho, e te entregar o CD com as fotos pelo valor de 40 mil pesos por pessoa ou 60 mil o casal. Contratamos estes serviço, mas ainda não abri as fotos, pois estão em DVD e meu computador não tem entrada… snif… mas em breve venho com um post com odas as fotos deles!!!

Saindo de lá, fomos almoçar no Lá Regatta, um restaurante top da região e super recomendado por todos que visitam a Ilha… Acho até que é o melhor ! O preço é um pouco caro (na faixa do Mahi Mahi do nosso Hotel) porém achei digno, bem Master Cheff, sabe?! Eu comi um espaguete com camarões, lagosta e lula (37.800,00), Elias pediu um peixe grelhado com molho de camarão e ostra com legumes (43.900,00) e o casal de amigos paulistas pediu um File de Pargo maravilhoso com molho de camarões também (44mil). Vale a pena demais ! Super bem localizado e ótimo atendimento !
Depois rápido descanso no hotel e bater pernas nas lojinhas … Aliás quantas lojas !!! Tudo caro ! Rs mas sempre achamos algumas coisinhas que queremos comprar e sempre rola … Mas não vão animados não! Nada é barato por lá!

Por volta das 19h emendamos direto no Miss Célia restaurante rústico, com tema do mar com muitas coisinhas penduradas em uma casinha com um quintal, tudo bem simples e colorido! O preço comparado aos demais está mais em conta, mas não esperem muita coisa não, é comida simples!!!! Pratos simples! A famosa Limonada de coco – que todos falam, eu vim a experimentar aqui no Miss Célia – minha opinião:  refrescante ! Diferente ! Muito bem servida , um copo enorme ! Rs Vai bem para o clima local que é muito quente e abafado!

DSC00227DSC00215DCIM102GOPRODCIM102GOPRODCIM102GOPRODCIM102GOPRODCIM102GOPRODCIM102GOPRODCIM102GOPRODCIM102GOPRODCIM102GOPRODSC0023212048426_971416729589708_181173090_n12021906_971413036256744_181189331_n12033840_971413502923364_1340303015_n12047296_971415359589845_1476603129_nMiss Célia:

12032429_971484839582897_576181692_n

♥ 4º Dia – 19/09/15 – Sábado

Passeio – Cayo Bolivar – de Lancha Rápida – 150 mil pesos cada – com bebidas e comidas inclusas

Mais uma vez Felipe nos pegou no Hotel as 7:30h da manhã e nos encaminhou até o local onde pegamos o barco. A gente imagina aquela lancha, bonita, grande… mas não é isso não, é um barco mesmo! rs (Um outra opção, é pegar o pacote com catamarã por 180 mil pesos cada, onde você pode ir bem mais confortável e no ar condicionado! rs) No dia em que fomos o tempo estava ótimo, quase nada de vento, então a ida foi bem tranquila, sem bater e sem espirrar água nas pessoas no barco. O dia começou nublado com pouco Sol, e bastante nuvens, mas depois o Sol abriu sem medo de ser feliz! Dica: prefira ir atrás, no fundo do barco mesmo, pois se bater, atras você não sente ou, sente menos. O trajeto foi de 50 minutos até a ilhota no meio do nada, com praias desertas, paradisíacas e virgens!!! Uma delícia! Mesmo sendo em um sábado, achei bem vazia a ilha.. tinham apenas 4 barcos. Como é bem pequena quase nao tem vegetação… então uma sobra natural na praia não tem, o jeito é locar um sombreiro com cadeiras por 30 mil pesos. Alugamos e eu recomendo, pois o Sol poca ! rs Aliás, não há nada na ilha em termos de estrutura… banheiro, só atrás dos arbustos mesmo, rs. De um lado da ilha temos uma areia branquinha, e um mar azul de muitos tons e um visú de tirar o fôlego. Do outro lado (atrás) tem muito coral, com muitas pedras, e muitos peixes, estrelas do Mar, e uma vida Marinha riquíssima, onde mergulhamos por horas com Snorkel, e até vimos um tubarão pequeno a poucos metros de nós… rs. Sem palavras para descrever, se for a San Andres, não deixe de conhecer essa Cayo Bolívar!!! O pessoal do passeio prepara nosso almoço lá mesmo, e é servido as 12h em ponto, no meio da vegetação da ilha (bem louco e rústico, me senti naqueles programas de TV “largados e pelados” ou no “Lost”… bem legal). Você pode escolher entre dois tipo de pratos, com peixe ou frango. O prato é bem servido e nós gostamos da comida! Aliás, assim que chegamos na ilha ganhamos sanduíches deliciosos, e bebidas – sucos e refri. A cerveja foi liberada logo após o mergulho, um pouco antes do almoço. Não lembro o nome da cerveja, mas era bem gostosa e bem gelada! Um paraíso!!! Super indico! Na volta, as 15h, fomos bebendo cerveja gelada, e dando muitas risadas com o grupo de chilenos animados que estavam no nosso barco! No retorno pegamos um pouco de vento, e o barco deu algumas batidas fortes, e espirrou pouca água nas pessoas, mas não acho que isso foi um ponto negativo, até nos divertimos!!! rs

Chegando as 16h, mais ou menos em terra firme, comemos um cevite de camarão com limão e coentro (11mil pesos), no Centro e partimos para piscina. Depois um merecido descanso, pois esses passeios cansam horrores!!! hahaha. A noite fomos comer no Beer Station, e tomar margaritas deliciosas!!! Lá comemos franguinhos fritos com molho agridoce (que amooooo) com batatas rústicas e tirinhas de queijo mussarela crocantes e fritas… uma delicia!!! rs Fomos até a frente da Boate Coco Loko, e estava até animadinha para entrar… mas quando cheguei la na frente e ouvi as músicas (só música caribenha…) desanimei… imaginava que teríamos musicas internacionais… sei la… fiquei traumatizada com o Barco pirata… hahaha, preferi não arriscar… pagava 10 mil pesos por pessoa para entrar, sem consumação (estranho porque na internet tinha visto vários comentários de pessoas falando que era gratuita a entrada nessa boate… não sei se era porque fomos em um sábado… não sei). Então partiu dormir e curtir o maridão.

DSC00245 DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO DSC00261 DSC00268 DSC00298 DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO DCIM102GOPROOlha o Tubarão ai:

DCIM102GOPRO DCIM102GOPRO 12021927_971976586200389_630973279_n 12047319_971980619533319_692625577_n 12023146_971982739533107_541215884_n 12025350_971991142865600_775761957_n 12029008_971991279532253_1349175167_nDCIM102GOPRO12025326_972380696159978_2095281785_n12041875_972196436178404_885315599_n12023126_972530989478282_867737795_n

♥ 5º Dia – 20/09/15 – Domingo

Aluguel do carrinho e volta na Ilha

Dia de acordar mais tarde, tomar café com calma e ficar mais tranquila. Mais um lindo dia de Sol! Alugamos o carrinho de golf pequeno com uma moça lá em frente ao Hotel Decameron (aquele grandão em cima do mar), por meio dia, e pagamos 60 mil pesos, mas este modelo é bem lento, não passa de 20 km/h, rs. Gastamos exatas 4 horas para dar a volta na ilha com 2 paradas: Hoyo Soplador e West View. No tal do “Olho soprador” não paga nada para entrar, mas tem que consumir alguma coisa nas barracas, então fomos de coco loko e limonada de coco. Não vimos o olho soprar nada, nem vento nem água… nadinha…rs, mas que é bonito, isso é! Muito bonito!!! Esse evento da Natureza só ocorre quando o mar está bem agitado e meio que de ressaca… como estava um dia lindo de Sol, sem vento e sem ondas, não tinha nada mais para ver e fazer ali, então seguimos o passeio da volta a ilha. Não paramos no La Piscinita, porque é bem parecido com o West, então escolhemos ir em apenas um (paga 4 mil pesos por pessoa para ter acesso a cada estrutura/entrada que eles montaram nestes pontos de mergulho e banho). Esse lado da ilha é todo de coral (pedrinhas “caraxentas”…rs) então precisa mesmo de uma estrutura legal para poder ter acesso á água e aproveitar as belezas do fundo do mar! Nesta parada que fizemos de West View tinha bar de bebidas, restaurante, guarda volumes, trampolim de 7m de altura, 2 escadas de acesso ao mar, mergulho com “capacete” no fundo do mar e um tobaágua. Ganhamos pães na entrada para dar aos peixinhos e foi a maior diversão na água, uma maravilha, muitos peixinhos beliscando meus dedos… hahaha, brincadeira! Mas é incrível que mesmo com um monte de pessoas ali, nadando, mergulhando, pulando … encontramos muuuitos peixes nadando tranquilos por ali… como se já estivem acostumados com os humanos! A profundidade neste local chega a 10 metros!!! A louca aqui resolveu que ia pular no trampolim… achando que era moleza… mas quando cheguei la em cima, meu amigo, a perna tremeu, o medo surgiu e a adrenalina foi nas alturas… mas, tomei coragem e fui… quando pisei naquele trem e ele começou a balançar, Jesus Cristo, pedi socorro!!! rs Massss, como já estava ali e todos olhando e aguardando… rezei e fui… sem dó… tava tão louca e com pico de euforia que apertei a Gopro para tirar fotos em sequencia do pulo, para registrar esse momento, mas na verdade acabei desligando… putz… pior que só descobri isso depois que pulei, lóooogico!!! rs Depois de mais alguns mergulhos, encarei o togoágua rústico, e mais um pouco de adrenalina! rs Bem divertido! Bateu a fome e já estava quase na hora de devolver o carrinho, então partimos rumo ao Centro.

Devido ao cansaço, almoçamos no Mahi Mahi (do hotel), desta vez pedi uma marguerita, e uma sopa de camarão para entrada (20 mil pesos). Sopinha gostosa e refrescante, acreditem se quiser! Para o almoço fomos de Paella para dois, muito bem servida (acho que custou uns 78 mil pesos). Apos almoço, mergulho na praia em frente ao hotel para aproveitar as ultimas horas, pois o passeio acabava no dia seguinte… só pra frisar: a água do mar é quentinha!!! Bem quentinha mesmo, todo canto é assim, aí não da vontade de sair né? Mais uma volta no calçadão e depois descanso no hotel.

O plano a noite era jantar no La Regatta de novo, mas vou ser bem sincera pra você……. acabamos dormindo ate segunda, acredita??? kkkkkk… juro, o plano era dormir um pouquinho até as 20h no máximo, e sair as 21:30h… mas…. fomos acordar só no outro dia…

DCIM102GOPRO DSC00314 DSC00356 12047252_972491099482271_1273367570_nDSC00375DSC00357 12023232_972504339480947_708599677_n 12047559_972510432813671_817711457_nDSC00378DCIM102GOPRODCIM102GOPRODCIM102GOPRODCIM102GOPRODCIM102GOPRODSC00382

DSC00464DCIM102GOPRODCIM102GOPRODCIM102GOPRO1608704_972886942776020_1890211014_n

♥ 6º e último Dia – 21/09/15 – Segunda-feira

Nada para fazer…

Hoje, pela primeira vez, o dia amanheceu estranho… muito vento, nuvens escuras e tempo bem fechado… chuva forte em alto e mar e em segundos a chuva forte chegou na ilha… fiquei até assustada… rs, mas deu tudo certo. Café da manhã com chuva… gostinho de despedida.… (ai que dó de ter que ir embora)… depois do café, partiu voltinha na rua para comprar lembrancinhas da ilha, e em segundos o Sol voltou poderoso e brilhante, quente como nunca! rs

As 11:30h fizemos Check Out e fomos nos despedir de San Andrés no Mahi Mahi: Cevite de camarão (24 mil) de entrada, Limonada de Coco para Elias e um Coco Loco pra mim (hehehe, aliás foi o melhor coco loco que tomei na ilha… pena que só descobri no último dia). Para almoçar rapidinho e correr para o aeroporto, pedimos o hot dog especial da casa com queijo e fritas. Divino! Dai partiu Aeroporto de táxi (14 mil pesos – valor tabelado e fixo) e partiu casa!

12026473_972886839442697_967095965_n 12025337_972886889442692_1737840710_n 12032527_971963782868336_1410606918_n

♥ Diquinhas importantes:
  • O TEMPO lá é muito INSTÁVEL, uma hora tá nublado, outra abre um baite Sol, de repente fecha o tempo com uma nuvem negra, venta muito e depois de 5 minutos o Sol reaparece mais forte do que nunca… rs Tive Sorte de pegar Sol todos os dias, mas algumas pessoas relataram pegar tempo fechado, com chuva e tempestade… então, não se apegue a isso, vá com a mente aberta para o que Deus quiser, rs.
  • Estando Sol ou com Nuvem, nublado, com vento ou sem, lá é sempre MUITO QUENTE!!! Leve um leque, vai ajudar muito. Desta forma, na mala leve apenas roupas leves e de praia mesmo, e de calçado apenas chinelo e rasteirinhas.
  • Beba MUITA ÁGUA, pois o calor te desidrata e você nem percebe!!! Alias, foi uma dica da Kah não beber água sem ser mineral em garrafinha lacrada… o marido dela passou mal ao tomar uma água sem ser de garrafinha… então, tomamos este cuidado, nada de água sem ser mineral lacrada! rs
  • PROTETOR SOLAR a todo momento,, a toda hora, com SOL ou Sem SOL, use sempre e repasse a cada 1 hora! O Sol e o calor queimam com força, ate na sombra você sapeca!!!
  • Um CHAPÉU será muito bem vindo, para ajudar a proteger do Sol e claro, vai dar um charme ]a mais à vibe do lugar! Compramos os nossos no aeroporto de Bogotá por 50 mil pesos… mas quando chegamos na ilha, achamos variados modelos, e cores com preços bem diferentes, de 15 a 80 mil pesos. Recomendo comprar o chapéu la, e não no aeroporto como nós fizemos! rs
  • Compre a SAPATILHA, não tem jeito, você vai precisar dela todos os dias que for a praia, mergulho ou ilhotas da região. Procure em vários lugares antes de comprar, você vaia char de todas e cores!!!
  • Compre, ao invés de alugar, a MÁSCARA e o SNORKEL para os mergulhos rasos, pois assim você os utiliza em todo lugar que for! Usamos em Acuario, Jhony Cay, Caio Bolivar, West View e na praia em frente ao hotel. E outra, ele alugam isso lá, mas não é nada higiênico!!! rs O nosso custou 35 mil pesas cada, pois deixamos para comprar na ilhota de Acuarios… comprem em San Andrés, antes de embarcar para os passeios, são a partir de 15 mil.
  • Levem uma MAQUINA FOTOGRAFICA que possa molhar, como a GOPRO, pois é de extrema utilidade!!!
  • Alugue um CARRO para dar a volta na ilha, mas cuidado! Se você quer um carrinho mais bacana e com boa velocidade, não pegue os carrinhos de golf baixos, pois eles não passam de 15 a 20 km/h, muito lentos!!! rs A não ser que não tenha pressa e queira ir olhando tudo devagar. As Mules são carrinhos maiores, que cabem mais pessoas inclusive e tem uma velocidade um pouco maior. Tem também opção de alugar carros normais e motos. Os preços variam entre 60 mil (meio período) e 100 mil pesos. A média eh 80 mil, o dia.
  • Não fizemos o PASSEIO DAS ARRAIAS, porque não dava tempo, mas 3 casais que estavam lá não nos recomendaram, falaram ser bem palha, que eles não dão muita assistência… teve ate uma criança que quase de afogou por não saber nadar e um rapaz que se machucou com o rabo das arraias…
  • A NOITE BLANCA a bordo de um “barco pirata” foi a maior furada da viagem.. rs, respeito quem gosta, mas nós detestamos! rs Um fiasco, portanto não recomendo!!! Dois casais de brasileiros que estavam neste dia também não curtiram, nem um pouco! Eh estranho, esquisito… desconfortável, bebidas péssimas e comida pior ainda… o pior eh que não foi barato: 70 mil pesos por pessoa!! Aff… Nao recomendo!
  •  COMPRAS? Só mesmo se quiser alguma coisa especifica que você não vai achar em outro lugar… pois lá é tudo caro… tem muuuitas lojinhas de todo tipo de produtos, principalmente de perfumes, cosméticos e tênis, mas tudo caro, não se compara aos preços de Miami. Compre lembrancinhas e artesanato, isso sim vale a pena, para guardar e recordar! Comprei brincos de perola de água doce, a 10 mil pesos.
  • Evite fechar HOTEL com pacote ALL INCLUSE, pois desta forma você acaba ficando preso ao hotel e não curte os passeios e restaurantes da região. Em nosso pacote, incluímos apenas o café da manha.
  • Por causa do calor intenso, evitamos comer SALADAS, pois tinha medo de estar estragada pela exposição ao sol, ao calor… sei lá.. rs
  • CABELO: Gente, como na ilha o mais legal que tem é o Mar, passamos metade do tempo dentro dele, então imaginem como não fica o cabelo… rs – fui preparada: levei um creme de praia (e um living da Dove de verão!!! Foi a Salvação! Uma boa dica para as loiras com mechas ou luzes é encher o cabelo com muuuito creme antes de mergulhar… facilita depois para desembaraçar… além de proteger um pouco melhor os fios..

foto

Bem gente, acho que é isso. Escrevi demais, mas espero que de para ajudar voces na próxima viagem!!! Mais perguntas ou dúvidas me chama aqui, ou no face, ou por email. Beijocas, Lorena Hombre

DSC00493

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para o Topo ↑